Pode dar mel para o bebê?

by | Oct 10, 2019 | Corpo e Mente | 0 comments

 Quem nunca ouviu o termo “mel na chupeta”? 

 Por ser um produto natural, muito utilizado de forma terapêutica, a questão vem a tona: pode ou não pode dar mel para bebês? A posição da Academia Americana de Pediatria e da Sociedade Brasileira de Pediatria é clara em orientar que não devemos oferecer mel para crianças menores de 1 ano de idade. “A recomendação é em função do alto risco de desenvolver botulismo alimentar infantil, doença que atinge nervos e músculos.  E embora seja uma doença rara, ela é grave”, aponta a Nutricionista Materno Infantil  Carolina Rolim (CRN10 6952).

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), um estudo alerta a presença de esporos da bactéria Clostridium Botulinum em amostras de mel (cerca de 7% das amostras). “Bebês menores de 1 ano possuem a flora intestinal ainda imatura, permitindo que os esporos da bactéria germinem, multipliquem-se e produzam a neurotoxina botulínica no intestino infantil, causando a doença”, explica a especialista.  

“Crianças mais velhas e adultos contam com o sistema digestório melhor desenvolvido, com defesas naturais contra várias bactérias, inclusive a essa, sendo mais raros os casos de botulismo”, completa Carolina. “Ainda assim, é considerado prudente esticar até os 2 anos a não utilização do mel, assim como os demais açucares e adoçantes.”

A Nutricionista lembra que o mel se sobrepõe ao sabor natural dos alimentos. E no período de introdução alimentar até os 2 anos, é importante que as crianças conheçam o sabor dos alimentos de forma mais íntegra, como eles realmente são. “Lembrem-se que o bebê não sente falta daquilo que não conhece. Não oferecer doces para a criança antes dos 2 anos é sinal de amor e cuidado com a saúde deles”, alerta a Nutricionista Materno infantil.

 

Sobre a profissional

Carolina Rolim  é Nutricionista (CRN10 6952), pós-graduada em Nutrição Materno Infantil.  Ministra cursos de Introdução alimentar, Alimentação Infantil e Saúde da Gestante. Autora do ebook: “Festa Infantil Mais Saudável”. Realiza atendimento clínico no complexo PróVida em Tubarão, no Centro de Saúde Fernanda Cicceri e atendimento domiciliar na região de Imbituba e Garopaba.  profissional é capacitado para orientar em qualquer dificuldade ou dúvida alimentar desde a programação da gestação, gestação, primeira infância até adolescência. Atendimento clínico e domiciliar em Tubarão, Imbituba e Garopaba.

Agendamento de consultas whatsapp – (51) 98928 5775.

Para seguir: Instagram – @nutrigestar

Foto 1: thesouthafrican / 2: ourhousefamilies.org / 3: Arquivo pessoal