Saúde na pele o ano inteiro

by | Aug 28, 2019 | Corpo e Mente | 0 comments

Vento, baixas temperaturas e o sol do inverno podem afetar a sua pele. Observe as dicas para manter a cútis saudável em todas as estações

A pele é o maior órgão do corpo humano e tem importantes funções no organismo, dentre as quais a defesa e o controle da temperatura corporal. E embora pareça que o período de maior atenção à pele seja no verão em função da exposição prolongada ao sol, é no inverno que a maioria dos problemas de pele se manifesta. “Muitas pessoas chegam ao consultório com descamação da pele e coceira, preocupadas que seja alguma doença de pele, mas só o ressecamento já pode gerar essas reações”, explica a médica Dermatologista Andréa Santos Soares.

Faça-se um carinho

A dica é básica: hidratação! “Parece simples, mas muita gente não faz. É preciso usar hidratante depois do banho. Aproveite a pele levemente úmida, naquela janela de até 30 minutos depois do banho. O ideal é optar pelos cremes hidratantes, que ao contrário das loções, são um pouco mais grossos e mantêm a água nos tecidos por mais tempo”, sugere.

Bebeu água?

No inverno, a ingestão de água cai consideravelmente, pois não sentimos tanto calor ou sede. Mas a hidratação do corpo é feita de dentro para fora. É importante se policiar para ingerir líquidos, pois são eles que mantêm todos os órgãos do corpo saudáveis, incluindo a pele.

Apaga a fumaça!

Para os fumantes, as notícias não são boas. O tabagismo diminui a hidratação da pele e os níveis de antioxidantes no sangue. O tabaco acentua as rugas (principalmente ao redor da boca e dos olhos), piora o aspecto das olheiras devido à má circulação do sangue nesta área, tira o brilho e resseca a pele. Talvez seja um bom momento para suprimir esse vício da sua vida.

Banho demais atrapalha

“No inverno, temos a tendência de demorar mais no banho, usar a água mais quente e muito sabonete. Essa três coisas tiram toda a gordurinha da superfície da pele, que é a sua proteção natural”, alerta a dermatologista Andréa. “Você pode aquecer mais o ambiente na hora do banho, com um aquecedor e diminuir a temperatura da água. Tentar não se prolongar muito no banho é importante, assim como reduzir o uso do sabonete. Ele deve ser utilizado nas partes de maior transpiração, odores e contato externo. Os sabonetes antissépticos e de glicerina podem limpar ainda mais do que os hidratantes, por isso você deve evitar o uso deles”, finaliza.

Aquecer, mas não queimar

O sol do inverno é uma delícia, pois o ambiente é mais frio e o seu calor traz conforto. Mas se engana quem acredita que a radiação é menor no inverno. “A radiação UVB é menor durante do dia, mas a UVA é constante inverno e verão. Por isso, é importante cuidar de mãos e face, que ficam expostas o tempo todo, até mesmo dentro de casa, pela radiação das luzes”, lembra Andréa. Chapéu e protetor solar são companheiros para as quatro estações!

A natureza ajuda

Pensando na aproximação do ser humano com a natureza, a especialista trouxe algumas sugestões de hidratantes mais naturais, como produtos à base de óleo de coco, aveia, mel ou abacate. “Hoje, temos no mercado muitas marcas que oferecem produtos orgânicos e veganos já prontos para o uso, de acordo com a preferência de cada um”, lembra. “Essa também é a melhor época para realizar tratamentos com uso de ácidos ou outros procedimentos de cuidado mais ativo com a pele, devido a menor exposição solar.”

Fique de olho na saúde da sua pele e, em caso de manchas ou sinais, procure um especialista e aproveite a estação!


Fonte: Nosso bem-estar
Fotos: Bem de saúde / Soft Water / Arquivo pessoal