Resgate do artesanato local com fibra de piteira

by | Aug 18, 2019 | Meio Ambiente | 0 comments

Projeto propõe resgate do artesanato local com fibra da Piteira

O Atelier do Agave divulgou, recentemente, um relatório sobre a espécie exótica invasora Furcraea foetida – as populares piteiras ou agaves – em Garopaba. O documento, além de apontar a presença massiva da espécie na região, levantou relatos históricos culturais do uso da Piteira por diversas famílias do Capão, Barrinha e Praia da Ferrugem em artesanato e utensílios do dia a dia. A intenção é solicitar ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) a mudança de categoria da planta na Lista Oficial de Espécies Exóticas Invasoras para que se possa retomar atividades econômicas a partir de sua matéria prima. “As espécies exóticas invasoras de categoria 1 são consideradas mais agressivas, que avançam deliberadamente sem manejo e não faz parte da economia local, ou ainda, espécies proibidas. As de categoria 2 fazem parte da economia, têm interesse econômico, como por exemplo, o Pinus e o Eucalipto”, explica a Relações Internacionais e Eco-educadora Jéssica Dondoni. “Junto da comunidade, podemos solicitar a alteração da espécie para a categoria 2 e apresentar um projeto em defesa do Patrimônio Imaterial e Material de Garopaba, onde os principais protagonistas deverão ser os contadores de histórias e artesãos de cada comunidade”, conclui.

Em parceria com o a Associação Comunitária do Capão Praia da Ferrugem e o Clube de Mães, oficinas de artesanato com a fibra da piteira estão sendo realizadas na comunidade, contribuindo para o controle populacional da espécie que ameaça a biodiversidade nativa da região. Interessados podem entrar em contato pelo fone: (48) 99150.6209.

Foto: Arquivo pessoal

Facebook.com/atelierdoagave