Selecione a página

O encontro de duas almas gêmeas

por | jun 10, 2020 | Comunidade | 0 Comentários

O ano era 2000, quando o futuro virou o presente. Um período em que muitos estavam ansiosos, querendo saber o que estava por vir. O que aconteceria? O que mudaria? Como seria? 

Marcelo Heredia mudava a sua vida por completo. Pegou uma mala e ali colocou os seus bens materiais mais queridos: algumas roupas e muitos cd’s musicais. E assim disse ‘tchau’ para Argentina e ‘oi’ para o Brasil. Seu filho, também chamado Marcelo, já residia em Santa Catarina, mais precisamente na Ponta da Piteira, em Ibiraquera. Juntos, pai e filho, decidiram começar uma nova vida mais leve e alegre.

Alguns meses antes chegava em Garopaba a Maria Lourdes, também em busca do ‘novo’, do ‘inesperado’. Cheia de vida e vontade de viver, adorava desfrutar do clima tropical que a cidade proporcionava. 

Ambos solteiros. Ambos em busca de novidades. Sem pressa, mas com uma tremenda vontade de viver e confiantes de que a vida é muito maravilhosa.

Destinados ao encontro

Em uma noite iluminada de 2002, no aniversário de uma amiga de Lourdes e conhecida do filho de Marcelo, o Universo disse ‘sim’ para uma linda história de amor. O cenário do encontro foi alegre e ousado: uma festa à fantasia! O ar lúdico e a temática possibilitaram inúmeras opções de roupas e máscaras, mas nada é por acaso. Entre tantos ‘oi, tudo bem?’, trocas de olhares, brindes, comentários divertidos, duas fantasias se reconheceram no salão. Duas fantasias iguais: Gangsters.
A dupla de gangster formada por Marcelo Heredia e Maria Lourdes foi imbatível desde a primeira troca de olhares.

Logo de início, o respeito pela história um do outro prevaleceu. Maduros, independentes, com seus passados vividos e esperança pelo futuro, começaram a escrever uma nova história juntos, capítulo por capítulo. O casamento aconteceu no dia 26 de setembro de 2006, no Paraguai. Ele aos 63 anos e ela aos 58, em uma viagem intensa e verdadeira. 

Marcelo pediu Lourdes em casamento sem rodeios, assim que chegaram ao hotel na noite do dia 25 de setembro e, as 8h do dia seguinte estavam oficialmente casados. No dia do das bodas, Marcelo saiu às 6h em busca de flores para o buquê de Lourdes, mas as floriculturas ainda estavam fechadas. Como nada segura um homem apaixonado, ele descobriu o endereço do dono de uma floricultura e conseguiu o ramo de flores mais lindo composto por rosas vermelhas para entregar aquela que seria sua companheira do presente e do futuro. 

O amor só cresceu e se fortaleceu. Em 2020, um ano diferente de todos os outros, os dois seguem lado a lado em todos os momentos. Os olhares apaixonados brilham a cada encontro e os Marcelo e Lourdes mostram na vida prática que o amor é o sentimento mais lindo que existe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *