Selecione a página

Luz e Sombra

por | abr 8, 2020 | Corpo e Mente | 0 Comentários

O momento pelo qual estamos passando nos incita a reflexões, como essa que segue. O Universo é abundante em generosidade, então estamos tendo aquilo que necessitamos. E digo isto porque tudo neste Universo é expresso pelo yin e pelo yang, opostos e complementares. O gráfico do Tao, que vemos como fixo, nunca está fixo, está sempre em movimento. O dia é yang, a noite é yin. Mas assim que passa o meio dia o yin já começa a entrar e assim que passa a meia noite, o yang está lá. E um complementa o outro. O sangue é yin, e a energia é yang, precisamos de sangue para ter energia, mas para ter energia precisamos de sangue. Um depende do outro e ambos se complementam. O repouso é yin e o movimento é yang.

 Estávamos, como humanidade, numa correria desenfreada. Num consumo exagerado, nos levando a um estresse, uma tensão e uma ansiedade, sem limites. Pois é, tudo isto: correria, consumo/produção, tensão, é yang. Íamos explodir; precisávamos parar, se aquietar, repousar, ir para dentro, refletir, e tudo isto é yin. Bingo!!!

 O yin é essência, espírito; o yang é movimento, matéria. Que espetáculo!

 A sombra, o vírus, trazendo a luz, a purificação, a nossa e a do planeta. Sim, porque há menos voos, menos tráfego, menos consumo, menos produção, menos poluição.

 Mas aí, vem o medo; que sempre vem da falta de amor. Como a sociedade, vai se reajustar depois deste tempo de pausa?

 E podemos pensar:

Melhor. Com mais consciência, com menos necessidades, com mais generosidade. Porque vimos claramente que não adianta estarmos bem, se o nosso próximo não está.

 E deixo aqui mais uma reflexão:

Será que os medos que sentimos em relação a tantas coisas não vem do nosso egoísmo, da nossa falta de amor?

Será que se pensarmos que se nosso vizinho fica sem casa, ou sem comida, ou sem ajuda, e que se o ajudarmos também podemos pensar que se algo passa a nós, também teremos ajuda? 

E que assim, todos podemos relaxar, porque vamos nos ajudar em toda e qualquer situação?

 É isto, vamos aproveitar bem este tempo, para refletir sobre nossas atitudes.

O Deus em mim saúda o Deus em você!!!

 

Elizabeth Hoffmann

Terapeuta integral e acumpunturista

Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *