Selecione a página

Quarentena deve ser prorrogada em Santa Catarina

por | mar 29, 2020 | Comunidade | 0 Comentários

Reunião entre prefeitos e Governador do Estado tratou do assunto neste domingo (29)

 Na manhã deste domingo (29), o Prefeito e Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, participou de uma videoconferência com o Governador do Estado, Carlos Moisés da Silva. Na reunião, via internet, também participaram os prefeitos das 15 maiores cidades de Santa Catarina e os presidentes das 21 associações de municípios catarinenses.

 No encontro, que durou cerca de duas horas, ficou definido que os municípios caminharão unidos, com ações integradas para diminuir a ansiedade das pessoas e, principalmente, para eliminar as dúvidas quanto ao que pode e ao que não pode ser feito durante o período de isolamento social.

 Na videoconferência, o governador ratificou a intenção de fortalecer a rede hospitalar de Santa Catarina, com a instalação de mais leitos.

 “Essa posição do Governo do Estado é muito importante. Inclusive, já fizemos a compra de 30 leitos hospitalares, que deverão ser instalados até o fim da semana no Hospital São Camilo. A intenção é que tenhamos entre 40 e 50 leitos, exclusivamente, para os pacientes do COVID-19”, disse o prefeito Rosenvaldo Júnior.

 O Prefeito de Imbituba destacou, ainda, que o município segue trabalhando para a instalação de uma UTI no Hospital São Camilo. “Já compramos alguns respiradores e a administração da SCPAR/Porto está em tratativas com a Secretaria Nacional de Portos, para a compra de equipamentos para 10 leitos de UTI em Imbituba”, reforçou o chefe do Poder Executivo Municipal.

 O prefeito Rosenvaldo Júnior e os demais prefeitos ouviram, também, do governador Carlos Moisés, que o Decreto de quarentena poderá ser prorrogado por mais sete ou 10 dias. “A equipe técnica está analisando, mas, aquele plano de retomada da economia deve ser revisto com a possível prorrogação do tempo de isolamento social”, informou Rosenvaldo Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *