Selecione a página

Upcycling: você já ouviu falar sobre isso?

por | mar 26, 2020 | Estilera | 0 Comentários

 Em um mundo cada vez mais poluente, a forma de repensar nossos hábitos deve partir de cada um de nós, sobre todas as áreas que acabamos impactando, como o meio ambiente. Com isso, não podemos deixar de mencionar os recursos que estão sendo cada vez mais adotados pela indústria criativa, entre a elas a da moda.

A obsessão de consumo por produtos de moda, causado pelo mundo capitalista em que vivemos, acaba gerando uma grande quantidade de processos negativos nesse sistema, que vai desde a produção de produtos, o seu uso e seu descarte.

 Na imagem , podemos ver todos os processos que envolvem a confecção de uma peça de roupa, desde o plantio da matéria-prima, à reutilização, que é o assunto deste artigo.

As etapas existentes nesse processo são muitas, e com isso nota-se a utilização de recursos provenientes do meio ambiente, como por exemplo, a água, que é utilizada desde o plantio, passando pela tinturaria, até a lavagem do produto final, onde acaba sendo um item de extremo valor para essa indústria.

 

Upcycling

Com certeza você já ouviu falar sobre upcycling, porém com outro nome, como por exemplo, reaproveitamento ou customização. O primeiro pode ser entendido como dar um novo sentido ao produto em questão, já a customização trata mais da questão estética em si.

Upcycling é o termo utilizado para descrever a técnica de se aprimorar ou agregar valor a um produto ou material que seria jogado fora. A técnica pode ser aplicada na confecção de uma nova peça de roupa ou ser usada para reformar ou remanufaturar uma peça já existente.

Upcycling significa valer-se de um material já utilizado ou o resíduo de um produto tal como foi encontrado, sem despender mais energia na reutilização do mesmo, ou seja, sem reciclar o produto. É um processo de recuperação que transforma os resíduos desperdiçados em novos produtos ou materiais com superior qualidade e valor ambiental (ANICET, 2011, p.3).

 Nossas roupas são jogadas fora por razões e motivos variados, podendo estar desgastadas pelo uso, ou simplesmente não servir mais, ou até mesmo estar fora de moda. Mas o que podemos fazer para tornar esses produtos mais duradouros, dando um ciclo de vida maior para eles?

Podemos passar as peças para nossos familiares ou amigos, trocar ou revender por meio de brechós, podem ser doadas para alguma instituição de caridade, que pode revender ou enviá-las para reciclagem. Além disso, podemos também abusar da criatividade e transformar essas roupas em novos produtos. Muitas marcas de moda estão surgindo nesse contexto, em que acabam se especializando em criar novas roupas a partir de peças já existentes, sendo peças sobras de estoques ou aproveitamento de excesso de material.

Muitas vezes acabamos por ter uma relação emocional com algumas de nossas peças de vestuário, sem que queiramos nos desfazer desses produtos. Sendo assim, utilizando do upclycling você acaba dando um ciclo de vida para elas, como também tornando seu produto único e individual a partir da forma que você escolhe modificá-lo.          

Você também pode!

Nesse contexto, você também pode ser capaz de fazer sua parte. Pense naquela sua peça de roupa que está lá guardada há tempos sem uso, será que aquele casaco de inverno que você não usa mais não poderia se transformar em um lindo colete de verão? E aquela camiseta com a estampa que você adora, que está com a manga rasgada, não poderia virar uma super ecobag para te ajudar nas comprar do mercado?

As maneiras de intervir nesses produtos são inúmeras, podendo trabalhar com recortes, pinturas, bordados e afins.

Hoje existem alguns recursos adotados por empresas do ramo, como o modelo de ciclo fechado, onde estas são responsáveis por recolher roupas que foram descartadas e não serão mais utilizadas, transformando-as novamente em fibras têxteis para a produção de novos tecidos. Existe também o conceito de modelagem zero waste, que trata de construir e obter um resultado de modelagem perfeito, gerando assim quase nenhum desperdício de matéria prima na construção do vestuário.

Porém ainda são muito poucas as indústrias que possuem tecnologias capazes de fazer esse tipo de processo, enquanto isso, cabe a nós aproveitarmos e reaproveitarmos nossas peças de roupa da melhor maneira possível.

O momento atual que estamos passando, que requer mais resguardo da nossa parte é ideal para colocar em prática essas ideias, aproveite para organizar armários, selecionar peças sem uso, ver o que pode ser doado para instituições de caridade, e aquilo que pode ser reaproveitado por você.

Tire um tempo para os trabalhos manuais e abuse da criatividade para dar um novo uso aquela peça tão amada do seu guarda-roupas, a natureza com certeza agradece.

 

Para se inspirar e se informar:

https://www.facebook.com/ceuhandmade

https://www.facebook.com/upcyqueen

https://www.facebook.com/farrapocouture

 

Fabiana Maffezzolli de Melo

Designer de Moda
Especialista em Design de Superfície

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *